segunda-feira, 3 de março de 2008

Sobre macacos



Caro senhor Mainardi,

Não desejo que a leitura de suas colunas se torne um dos meus novos hábitos. Tenho mais o que fazer. Aqui já comentei as duas anteriores, talvez bastasse. Mas amigos chamaram minha atenção para a última, onde mais uma vez seu cinismo manifesta ódio para com algo que me diz respeito. Esta sua frase me parece exemplar:

“Num tempo dominado pela mais absoluta demagogia intelectual, em que todas as idéias parecem se equivaler, em que qualquer macaco pode abrir um blog e opinar sobre Lewis Carroll e Georges Seurat, a história da enxaqueca ajuda a restabelecer alguns valores”

Há muito a considerar sobre esta boa amostra de seus pensamentos, começaria onde concordo com um único dos argumentos: de fato, qualquer um pode abrir um blog e opinar sobre qualquer assunto. É muito fácil. Bastam algumas clicadas, e é de graça. Simples até mesmo para um macaco. Não por outro motivo existam milhões deles no planeta. Mas, apenas a facilidade e o número pouco diz. Importa o blog ter o que dizer, e a quem. Pode ser a um número restrito, mas fiel. Ou a um maior, coisa onde poucos se destacam. Mas o suficiente para ser um fenômeno tão forte que a mídia tradicional passou a preocupar-se com esta concorrência, como o seu veículo, que tenta competir com as mesmas armas.

E aqui está o início do seu incômodo. Alguém, não escolhido, talvez um macaco, pode neste descalabro moderno opinar indevidamente sobre assuntos não pertinentes ao seu pedigree, concluo ser este o seu pensamento. O que fica claro que o senhor defende um corporativismo opinativo. Apenas a grande mídia deveria, quem sabe por lei e direito, manifestar-se cotidianamente sobre o mundo, a cidade, a filosofia, a história, o comportamento humano, até suas dores, quem sabe até suas enxaquecas, imagino.

Uma lembrança histórica para análise: há algumas décadas existiam dezenas de jornais diários aqui no Rio de Janeiro. Cada um tinha o que dizer a seu público. Eram diversos, com razoável conteúdo. O que mudou, principalmente a partir da década de 60? Muito. Em resumo, a mídia concentrou-se, em grandes grupos, com favorecimentos aos negociados e aparentados das elites, benefícios diversos foram oferecidos.

Se em um blog qualquer mané escreve, que processo existe na escolha dos quadros da grande mídia? É mais apurado? Tenho minhas dúvidas. Certamente exige-se um perfil distinto da qualidade de seu texto, dos seus conhecimentos. Gestão de negócios é muito bem vista. Afinal, o jornalismo, e o colunismo em particular, tem um foco muito específico em business, você sabe bem do que estou falando.

Portanto, se existe demagogia intelectual, se todas as idéias se equivalem, não é algo de responsabilidade do novo mundo dos blogs. Neste, o mundo viceja em inteligência. Há diversidade, opiniões e informações variadas. No seu mundo, o dos negócios, do toma aqui eu digo lá, a verdade é a primeira assassinada, sobrevive apenas a hipocrisia dos interesses. Apenas valem os objetivos, pessoais ou do patrão. Até enxaquecas são assunto, desde que no final algo possa ser mensurado mecanicamente na planilha. Coisa simples, até para macacos.

PS: Vi outro dia na TV um macaco que fazia cálculos matemáticos. Cuidado. Algum pode tomar seu bem remunerado emprego.

6 comentários:

Chico Motta disse...

parabéns!

Viviane Mag disse...

Parabens! Adorei seu texto! Não me surpreende em nada mainard (em minuscula mesmo, pois é um insignificante!), falar mal do conteúdo e existência de blogs. As poucas vezes que li sua coluna fiquei chocada com o tom reacionário do texto. É um conservador descarado a quem so interessa defender o statu quo, por isso se coloca contra a diversidade, a reflexão, as idéias alternativas as vigentes.

Mário Salerno disse...

Lamento discordar. Um macaco não poderá jamais tomar o lugar do Mainardi, dado que ele tem algo que o desqualifica para o cargo de colunista de Veja: ética.

Carlinhos Medeiros disse...

Adorei seu texto e o comentário do Mário.
Esse Diogo já passou dos limites,

abs!

heliopaz disse...

Kelly,

Descobri este teu excelente A BUNDA CANALHA através de um link do BLOG DO MELLO. Sou blogueiro e mestrando em Ciências da Comunicação pela UNISINOS.

Meu objeto de pesquisa é a rede social dos blogs de esquerda gaúchos que fazem parte do SIVUCA, do Luiz Carlos Azenha (VI O MUNDO). Minha banca de qualificação deverá ser no final de maio ou no início de junho e a banca de defesa da dissertação deverá ser em dezembro ou, mais tardar, em janeiro.

Estás devidamente enlaçada (ou lincada) ao PALANQUE DO BLACKÃO! ;)

[]'s e :*
Hélio

www.edbarreto.blogspot.com disse...

É... Eles querem, principalmente esse mainardi, que nós sejamos sempre seres não-pensantes, absorvedores das bobagens que eles nos propagam, seja na música na política, em tudo, sempre tem quem nos diga quem é o melhor político, a melhor música, a melhor banda...Mas, com a história dos blogs os tempos mudaram, e passamos a ter voz. Qualquer zé mané, que pode alardear aos quatro cantos quão idiota é esse Mainardi.