terça-feira, 15 de abril de 2008

Ah, se fosse Petrobrax...

Miriam, a suína, como diz a nossa Kelly, não gosta da Petrobras. Adora a Vale. Ah, a Vale, que exemplo de gestão. Uma empresa que tinha a maior mina de ferro do mundo, patrimônio milionário, nas mãos erradas... Por isso teve que ser vendida por menos do que lucrava em 4 meses. Ah, a Vale, e seus jovens gestores. Quanto progresso. Se a Petrobras fosse agora Petrobrax, como FHC e seus mauricinhos tucanos queriam, como tudo seria diferente.

Por exemplo, dona Miriam conseguiria um furo de reportagem. Teria obtido do diretor-geral da ANP a informação e divulgaria no Bundinha Brasil. Renato Machado teria dado um flash antes da fala, diria: “Exclusivo, no próximo bloco Miriam Leitão revela a descoberta de um novo poço de petróleo milionário na costa brasileira”.

Ah, se fosse Petrobrax.

4 comentários:

Anônimo disse...

Cid desembucha,

Se tem um assunto que aumenta minha vontade de ver o fhcorrupto, serrassuga e pares NA CADEIA, é o maior assalto sofrido por uma nação na história moderna, leia-se, roubataria da Cia Vale do Rio Doce!
Observem este trecho duma matéria que li há alguns anos no Jornal do Comércio. É estarrecedor! Traz informações revoltantes de como a sub-avaliação, ou melhor, a NÃO AVALIAÇÃO do nosso patrimônio, por si só já seria motivo mais do que suficiente para anular este crime gigantesco cometido pelos amigos da "suína", prestem atenção:

"...Veja especificamente esses números para entender a gravidade dessa situação: a Vale foi privatizada em 1997 por um valor de R$ 3,337 bilhões. Esse era o valor de mercado das ações. Não se considerou todo o patrimônio, pois tudo o que ela tinha sob controle (terras, minas, águas, florestas, ferrovias, terminais portuários, etcetcetc, ou seja, tudo o que é riqueza real e recurso comum público da nação) entrou no bolso dos atuais controladores sem que tivessem desembolçado um mísero centavo."

Carlinhos Medeiros disse...

KKKKKKKKKKKKKKK!!! Artur Virgílio chorando...kkkkkkkkkkkk, muito boa!!!

Dá-lhe Jurandir!!!

Hudson Lacerda disse...

Minha curiosidade é a seguinte: Como foi que a PetrobrÁs virou PetrÓbras???

P.S. A Vale foi vendida pela renda de quatro meses, não de quatro anos!

Jurandir Paulo disse...

Hudson, obrigado, já está corrigido. O número é tão absurdo que na hora me confundi.