quinta-feira, 1 de maio de 2008

Blogs, paixão e parcialidade

Bastou o povo se manifestar na internet e já começaram as farpas, as desqualificações, os narizes empinados. Criticam o passionalismo dos blogs, a falta de credibilidade nas informações. Pasmem, dito até pela mídia tradicional, logo ela que responde pelos mais evidentes crimes praticados em seu ofício de desinformar, com paixão e ódio, desde William Randolph Hearst.

Chega! Pouco estou ligando. Que me condenem pela paixão. Que digam uma coisa, ou duas. Eu tenho quatro coisas a dizer. Vejam no vídeo.




Não paro de falar sobre isso desde ontem. E domingo vamos mais ainda dizer para provar que o Rio não vive uma realidade em preto e branco.

2 comentários:

Kelly disse...

Obinacampeao!

Bruno disse...

Obina neleeees!
Deus perdoa, Obina não!
Rumo a Tóquio!