quinta-feira, 23 de agosto de 2007

A hora do espanto

Já estava claro que a mídia golpista tentaria de tudo para pressionar o STF, tentando requentar o clima de caça às bruxas, mas foi patético. De todos, o Globo merece troféu. Fez o maior estardalhaço por conseguir interceptar a correspondência de ministros. Publica hoje escandalosa manchete na espera de repercussão, e aí? Nada. Dona Míriam Leitão tenta ajudar a casa em comentário de seu blog. Segundo ela, ouvindo “fontes do Judiciário” (sim, a repercussão é tão grande que ninguém deseja ter seu nome no babado) não houve invasão da privacidade, já que a sessão era pública, e que não é normal que ministros conversem sobre seu voto.

Fica difícil assim, dona. Como não conversam? Fizeram isso ontem pela primeira vez? E não houve invasão? Tá. Vou fotografar, publicamente, a tela do notebook da senhora e publicar aqui suas conversas animadas com a tucanada golpista, seus acertos de negócios. Vou parar no porão do Bope no mesmo dia, com pau de arara e choques elétricos no cardápio. Justiça é mais embaixo, dona.

4 comentários:

Renato Xavier disse...

Prabéns pelo blog , realmente temos que ficar de olho nessa mídia golpista e cada vez parece mais claro que vão tentar o golpe a todo custo. é rídiculo !! valew pela visita. www.canseidaelite.blogspot.com

Kelly disse...

opa, Renato, seja bem vindo ;)

Jurandir Paulo disse...

Renato, obrigadão pela visita e as palavras. Seu blog é sensacional e conta com minha atenta leitura. Um forte abraço.

Rosa disse...

Jurandir, fico feliz com sua opinião. Ando profundamente desalentada com a quantidade de pessoas que acham que violação de correspondência e espionagem são "normais" e merecem os "parabéns". Dentre elas o próprio e infeliz presidente da Associação Brasileira dos Magistrados...