sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Chora Serra!

5 comentários:

sevê disse...

DATAFOLHA também fez pesquisa eleitoral, mas não divulga

fonte: Portal Vermelho.Org


O relatório do instituto Datafolha sobre a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (5) faz uma referência indireta indicando que foi indagada a intenção de voto dos cidadãos brasileiros nas próximas eleições presidenciais.

No entanto, o jornal Folha de S.Paulo, do mesmo grupo empresarial, omitiu a informação ao divulgar a pesquisa, que ocupa a manchete e duas páginas internas, atestando que a popularidade do governo Lula subiu mais seis pontos e é a maior que um presidente já atingiu desde o fim da ditadura.

Já o relatório do Datafolha sobre a pesquisa coletada entre 25 e 28 de novembro, menciona, de passagem: "Entre os brasileiros que têm intenção de votar em Dilma Rousseff para presidente, possível candidata do partido do presidente (PT) em 2010, a taxa dos que aprovam Lula chega a 89%.

Entre os que pretendem votar no provável candidato do PSDB, José Serra, essa taxa é de 65%. O relatório está disponível no site do instituto.

A julgar pelo comportamento-padrão do Grupo Folha, é possível que a parte da pesquisa que se refere a 2010 esteja sendo guardada para outra edição da Folha, talvez no próximo domingo.

Além de permitir que se tire duas manchetes de uma mesma pesquisa, o procedimento se harmonizaria com a preferência eleitoral do Grupo dos Frias, evidentemente engajado, embora não o confesse, na campanha Serra 2010.

Caso o hoje governador de São Paulo permaneça, como em outras sondagens, como o depositário de maior intenção de voto, isso permitiria reduzir a contaminação da "boa notícia" (para os tucanos) com o recorde de popularidade de Lula.

Anônimo disse...

AO GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO SR. JOSÉ "VAMPIRO" SERRA E A MÍDIA DE SÃO PAULO ESCRITA,FALADA E TELEVISADA,
NOSSO GOVERNADOR NÃO TEM PROGRAMA DE GOVERNO COM VISÃO SOCIAL,POIS O ORÇAMENTO DO ESTADO NÃO VALORIZA EM SUAS METAS E OBJETIVOS AS POLÍTICAS SOCIAIS COMO: EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA E ETC..O PARTIDO DO PSDB ESTÁ 14 ANOS NO GOVERNO, BASEADO EM SEU FAMOSO DISCURSO DE GERENCIAMENTO:O QUE ESTÁ BOM! VAMOS MELHORAR AINDA MAIS.COMO METODOGIA BASEADA EM CHOQUE DE GESTÃO E NEO-LIBERALISMO, ESSAS MEDIDAS APLICADAS NA GESTÂO DO ESTADO NA LOCOMOTIVA DO ATRASO,EM COMPARAÇÃO COM OS OUTROS ESTADOS DA FEDERAÇÃO. A IMPRENSA PAULISTANA COMPOSTAS POR JORNALISTAS VENAIS, ORIUNDOS DOS DEDOS-DUROS DA OPERAÇÃO OBAN E PSEUDO-FORMADORES DE OPINIÃO, SÃO CONVENIÊNTES COM ESSE DESGOVERNO QUE ASSOLA SÃO PAULO.
PS.: MAS OLIGARQUIAS E DIREITA COMPOSTAS PELOS PARTIDOS PSDB/DEM E PPS SÃO OS CORONÉIS DESTE CURRAL ELEITORAL SÃO PAULO, ONDE PISA NEM GRAMA NASCE,POIS NÃO TEM MASSA CINZENTAS E MEN NEURÔNIOS.IMAGINEM OS ELEITORES DESTES..........
HAJA PACIÊNCIA PARA TANTO...

André Egg disse...

Tá, tudo bem.

Vamos comemorar aprovação de Lula, a Folha está com Serra, etc, etc, etc.

Uma coisa pode não ter nada a ver com a outra. Se Serra estiver mal a Folha pula fora. Lula estar bem não significa que Serra perde.

Lula está com a popularidade ótima, e quem usufruiu disso nas últimas eleições? O PMDB, em grande parte elegendo um pessoal que acabou de migrar do PSDB, do DEM ou do PPS.

Quem consegue derrotar essa corja? Os caras são camaleões, sentem de longe o cheiro do poder e estão sempre no lugar certo na hora certa...

Júlio Pegna disse...

Amigo Jurandir, me permita deixar uma mensagem ao seu leitor André Egg:
A popularidade de Lula interfere diretamente na eleição presidencial de 2010, sim. Tanto, que os coronéis tucanos já estão mobilizadissimos prá tentar derrubar Dilma.
Quanto ao PMDB, vc sabe que eles estarão no palanque do candidato que estiver à frente nas pesquisas, muito provavelmente, do PT.

De volta ao Jurandr: que feio vc colocar um MIFU desse tamanho no blog ... assim, nenhum tucano virá visitá-lo. Vicê sabe como eles são moralistas!!

Grande abraço!
***

Jurandir Paulo disse...

André e Julio,

O desespero tucano é enorme. Seus desafios são imensos. José Serra terá que se reinventar para arrumar um discurso novo. O antigo não faz agora o menor sentido. Mas faz sentido a reflexão do André em um ponto: a sucessão de Lula terá que ser construída em torno de propostas mais à esquerda, refletindo o momento. Penso que o sistema financeiro terá que ser enquadrado, com o controle do fluxo de capitais, ampliado o investimento social, a produção industrial. Tudo o que os tucanos desejam fazer diferente.